quinta-feira, 4 de dezembro de 2014

MENSAGEM DE NOSSO SENHOR JESUS CRISTO À SUA FILHA LUZ DE MARIA - 22 de novembro de 2014

 Queridos filhos, Povo Meu; EU SOU UM MENDIGO DO AMOR, um Mendigo que procurando encontrar um Amor vivo e palpitante dentro de cada um dos Meus filhos ... Mas Me encontro com terrenos estéreis, totalmente rochosos e endurecidos onde nem água consegue penetrar.
      Amados filhos: Eu os protejo, são o Meu Tesouro mais precioso, mas a cada instante se afastam mais de Mim ... Me dou aos Meus, mas os Meus não Me compreendem, não desejam penetrar no abismo insondável do Meu Amor e da Minha Revelação para esta geração.
      Negam-me com a mesma facilidade com que negam uma teoria, Me negam sem pensar nem são conscientes do que estão negando. Me negam sem pensar ou se aprofundar no que negam ...
      Negam-me pelo simples fato de negar, pelo simples fato de que Eu escolho Meus instrumentos dentre  os que não se encontram os sábios nem poderosos, talvez porque esses sábios e poderosos são os menos aptos para levar com Amor Minha Palavra, a que Eu envio através de Meus instrumentos fiéis e humildes para que Meu povo seja alertado.
      Nestes instantes, cada um de vocês deve ser o fiel reflexo do Meu Amor, deve ser esse herói que vive na profundidade do ser humano e não temer o compartir com seus irmãos e diante de seus irmãos dizer em viva voz que vocês são dos Meus, que não comungam nem com os modos, nem com as ações, nem com as ideias que a humanidade gera neste instante.
      Estão realizando as práticas mais abomináveis e Meu coração é constantemente ferido. Olho para a Terra e são tão poucos os que verdadeiramente Me amam! ... Quantos são os que seguem as criaturas humanas? ... E tendo diante de si mesmo a verdade, Me dão as costas porque guardam tanto respeito humano, que esquecem que Eu sou o Dono de tudo o que existe, que Sou o Dono da vinha, e que venho precisamente separar o joio do trigo.

      Quantos zombam dos Meus chamados e os da Minha Mãe! Quantos zombam dos Meus instrumentos e os desacreditam! Esquecem que Eu permaneço diante deles, e eles não são eles que proclamam a Minha Palavra, mas Sou Eu, que Me dou por inteiro ao Meu povo, a esse por quem Vim e Me crucificou, a este que continua Me crucificando e Me ferindo, negando-Me como Eu fui negado. Neste instante continuo sendo negado e o serei ainda mais quando o dragão infernal tomar posse das mentes e dos corações dos Meus filhos através do impostor, desse que conseguirá enganar o Meu povo: o anticristo.
      Quantos negam neste instante a existência do mal! E ao mesmo tempo, quantos negam a Minha Mãe! Quantos com uma palavra deixam em dúvida a Sua Pureza e Maternidade!
      Ai daqueles que pisam na Pureza da Minha Mãe! ... A Ela lhe encomendei Minha Igreja, e que não se chame cristão, aquele que pisoteia na Pureza da Minha Mãe.
      Transgrediram o pecado e Minha Misericórdia Infinita é utilizada para esconder o lado escuro do proceder da humanidade.
      Amado povo Meu: Sou Misericórdia, mas Sou Justiça ao mesmo tempo e cada qual receberá o seu pagamento. Não o que Eu determinei, e sim receberá o que semeou.
      Eu venho por Meu povo, por Meu povo fiel, por aqueles que dedicam todo instante de sua vida para se manter na Minha Vontade, para derrotar o "ego" humano, que neste instante se tornou totalmente contrário aos Meus pedidos, ignorando a exigência do cumprimento da Minha Lei e Meus Mandamentos.
      O "ego" humano é um monstro que cresce a cada instante, se vocês permitirem, dominando-os e conseguindo que os sentidos do coração se endureçam e não sintam, nem sofram ante tanta insensatez que ocorre na Terra.
      Meu povo: Orem a Mim, venham a Mim, que Meu Espírito os auxiliará para que vocês ascendam e gostem das delícias de penetrar em Meu Caminho, embora cada um possua sua cruz pessoal também, também é certo que cada um possui diante de si a Glória e a Vida Eterna se assim mereceram no transcorrer da vida.

      Meus filhos: Cada ato e cada obra de vocês é uma luz que lhes traz mais perto de mim. Quando virem o sol brilhando em seu apogeu com toda intensidade tanto que sentem que seus olhos não resistem olhar para ele, pensem em Mim, pensem em Minha Majestade, em Meu Poder infinito, mas também pensem em Minha Misericórdia, e se neste instante recorram à Ela com firme propósito de emenda, Eu os acolho ... Mas não esperem mais porque o instante deixará de ser instante.
      Venho por Meu Povo.
      Venho por aqueles que são desonrados e massacrados.
      Venho por aqueles que são decapitados e alguns morrem como mártires.
      Venho pelos perseguidos, pelos desprezados.
      Venho pelos que não são compreendidos.
      Venho pelos injuriados e caluniados.
      Venho por aqueles são injustamente maltratados.
      Venho por aqueles que sofreram por trazer Minha Palavra.
      Venho pelos humilde e simples.
      Venho por aqueles que Me disseram que sim.
      Venho pelos que tomam a Mão de Minha Mãe neste instante para que guiá-los e Ela os disse que sim. Venho por aqueles que não esquecem os doentes e os presos.
      Venho por aqueles que não julgam, não se atrevem a julgar ou zombar de seus irmãos.
      Venho por Minha Igreja e minha Igreja deve ser Santa como Eu Sou Santo.
      Venho por Minha Igreja renovada no Meu Amor e em Minha Misericórdia.
      Não venho pelos que zombam de seus irmãos, nem  pelos que apontando injustamente.
      Não venho pelos que fazem juízo as pressas.
      Não venho pelos que, acreditando-se deuses e perfeitos, chamam imperfeitos os que partilham a Minha Palavra para trazer almas ao Meu Redil.
      Venho pelos que dizem a verdade, pelos que desejam se oferecer à Mim para acolher todo Meu povo.
      Amado povo Meu: Não caiam nenhum instante, que esse instante é necessário para que os caídos se levantem ...   Não são desanimem diante das traições nem diante da incompreensão nem porque sejam deixados de lado, sintam-se satisfeitos porque assim se assemelham mais a Mim.
      Necessito um povo que reze para se levante.

      Necessito um povo que Me receba em Meu Corpo, Sangue e Divindade.
      Necessito um povo que vai ao Meu Sacrário, confiando-Me o mais íntimo do seu coração e Eu os responderei.
      Necessito criaturas conscientes que são Templo do Meu Espírito Santo e como tal devem caminhar na santidade.
      Necessito criaturas com pensamento unido a Mim continuamente.
      Necessito criaturas que dominem seus impulsos e não permitam que seus maus pensamentos lhes vençam.
      Necessito filhos com olhar limpo, com as ouvidos limpas, com um coração renovado e uma linguagem usada para louvar-Me e bendizer-Me.
      Necessito criaturas que aumentem sua vontade para acatar o quanto os desvelo pouco a pouco.
      Meus chamados não podem ser iguais aos que realizei anos atrás, esta geração de tecnologia avançada e involução espiritual ao mesmo tempo, não acreditariam em Meus chamados se Eu utilizar neste instante, palavras de antigamente que esta geração nem sequer reconheceria. Vim lhes falar de Amigo para amigo, de Irmão para irmão, de Pai para filho, e Minha Mãe veio chamá-los como Mãe, Mestra e Guia para esta geração nos compreenda.
      Como ousam dizer com tanta facilidade aqueles que se dizem conhecedores da Fé e especialista em questões de Fé, que não Me sigam quando a maioria da Minha Igreja se entrega aos prazeres mundanos? Como é que entregam nas mãos do mal os Meus filhos?
      Necessito uma Igreja forte, que resista aos ataques que continuará padecendo.
      Amado povo Meu: Está próximo o exame de suas consciências,  Eu não o efetuarei, mas cada um pessoalmente, e nesse instante tudo se paralisará, o homem ficará diante de sua própria consciência, se olhando totalmente sem disfarces. O que se move, deixará de se mover, porque na Terra reinará o silêncio, se escutará unicamente o lamento daqueles que se arrependerem pelo mal cometido e Eu  virei com o Meu Amor, para os acolher novamente como as Minhas ovelhas perdidas, mas ainda assim alguns dos Meus filhos negarão o Aviso como vindo de Minha Casa e se rebelarão contra Mim e serão parte do mal.
      Amado povo Meu: O mal não poderá contra Mim, jamais o mal prevalecerá, prevalece o Amor e Minha Misericórdia, prevalece Minha Onipresença e Onipotência Meus prevalece. "EU SOU O QUE EU SOU" e necessito a segurança do Meu povo para que combatam com armas do Meu Amor e sejam fraternos.

      Quanta irreverência à Mim e à Minha Mãe! ...
      Quanta irreverência ao Dom da Vida! ...
      E como o homem aumenta sua agressividade cada momento! ... Tanto que os desconheço.
      Amado povo Meu, os convido a rezar pelo Meu povo do Chile, padecerá.
      Amados filhos, os convido a rezar pela Rússia.
      Os Convido a rezar pelo Japão, levará a humanidade a padecer.
      Amados filhos: Ouçam Minha voz ... Ouçam Minha Palavra ... Eu Me dou a vocês em busca de uma migalha de amor, ja que Sou o grande Mendigo de Amor.
      Não procurem nesta Minha Palavra escuridão que não existe, posto que encontrarão mais escuridão. Olhem a Luz que Meu Coração emite nestes chamados. Sejam cumpridores da Minha Vontade e Mandamentos.
      Penetrem nos acontecimentos desta humanidade para assim consigam encontrar o Verdadeiro Caminho, ao conhecera mentira através do qual os enganaram, mas "Eu Sou o que Sou" e não engano Meu povo, o Amo como a menina dos Meus olhos.
      Não se entristeçam por serem dos Meus.
      Pensem que Eu os Amo, mais do que Amo a Mim mesmo, posto que são a Minha entrega na Cruz. Tenham a Minha Paz. Não declinem, sejam lutadores de Amor. Eu os levantarei.
      Os abençoo a cada um. Minha benção seja para vocês o bálsamo da Esperança e Segurança para continuar caminhando na Fé.
      Os Amo. Seu Jesus.
      AVE MARIA PURÍSSIMA, SEM PECADO CONCEBIDA.
      AVE MARIA PURÍSSIMA, SEM PECADO CONCEBIDA.
      AVE MARIA PURÍSSIMA,  SEM PECADO CONCEBIDA.
      (Tradução de Ana, desde Espanha)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ladainha a Misericórdia Divina Senhor, tende piedade de nós.

Senhor, tende piedade de nós. Cristo, tende piedade de nós. Senhor, tende piedade de nós. Jesus Cristo,  ouvi-nos. Jesus Cristo, ...