domingo, 4 de novembro de 2012

EU SOU O DEUS DOS VIVOS E NÃO DOS MORTOS 02 DE NOVEMBRO DE 2012 - ALTO DE GUARNE


 Filhinhos meus: que minha paz esteja convosco!
Minhas palavras são vida e esperança para meu povo fiel. Minhas palavras enchem de gozo o espírito da minha herança. Minhas palavras são água viva que acalmam a sede de todos aqueles que me buscam com sincero coração.
Eu sou a Água Viva e todo aquele que beber desta água não voltará a ter sede. Eu Sou a Palavra Vivente, e todo aquele que me escutar e me colocar em prática, alcançará a vida eterna. Eu Sou a vida que quer derramar em vós, meus filhos fiéis.
Seguí-me, não temais e vos levarei ao paraíso eterno, onde ninguém roubará a vossa alegria, caminhai comigo e permanecei em Mim, e ninguém  vos poderá roubar minha paz.
Ovelhas de meu rebanho, acostumai-vos a viver com o necessário, não ambicioneis tesouros , nem riquezas deste mundo, porque tudo passará em breve. Buscai vosso tesouro que Sou Eu, e a vida eterna encontrareis.
Muito em breve filhos meus, o que chamais de dinheiro rolará no chão e com o deus deste mundo rolarão também todos aqueles que o adoraram. A caída dos ídolos está por acontecer, os deuses feitos pela mão do homem, em pó se converterá. Os mortos enterrarão seus mortos e todos aqueles que hoje me dão as costas, me buscarão e já não me acharão.  Angustiados gritarão: Onde está nosso Deus que nos tem dado as costas? Senhor, Senhor, escutai-nos! E já não haverá Deus que lhes responda.
Porque se não tiveram caridade comigo, minha Mãe e meus enviados,  não se recordaram da viúva e do órfão, não socorreram o desvalido, nem acalmaram a sede do sedento e a fome do faminto, não poderão ser filhos meus e minha resposta será: Apartai-vos de Mim !
Filhos meus, ovelhas de meu rebanho, não ponhais  vossa confiança nas coisas mortas, melhor buscar o Deus vivente em vossos irmãos, Eu estou na viúva e no órfão, no humilde, no desamparado, no coração nobre que teme a Deus e cumpre seus preceitos. Eu Sou o Deus dos vivos e não dos mortos.
Endireitai vosso caminho, uma vez mais vos repito, filhos rebeldes, para que não choreis e vos lamenteis na hora da minha Justiça que  em breve terá seu tempo, não sigais apegados às vossas vaidades e às vaidades deste mundo vão e passageiro que muito em breve passará para dar passagem a nova vida. Não vos agarreis às coisas mortas, não vos apegueis a nada, a única coisa que deveis ter é amor e mais amor para com vosso Deus e vossos irmãos. Porque em verdade vos digo: O céu e a terra passarão, mas as minhas palavras não passarão. Todo o que vos foi dito sobre minha palavra, se cumprirá ao pé da letra, pode ser que não seja tarde para muitos.
Estou batendo novamente em vossas portas, fihlos rebeldes, estou por partir, não desatendais meus últimos chamados! Abri-me! Quero ceiar convosco.
Sou vosso Mestre e Pastor: Jesus de Nazaré.
Daí a conhecer minhas mensagens e propagai-las, ovelhas de meu rebanho

Nenhum comentário:

Postar um comentário