segunda-feira, 17 de maio de 2010

Mensagem de Santa Patrícia



Santa Patricia (665) Madonna em Nápoles. Ela era neta do Imperador Constantino, o Grande, nasceu em Constantinopla. Ela foi criada em tribunal como uma criança fez um voto de virgindade. Para se manter fiel a ela, fugiu da cidade porque o imperador costante II (668-685), quis impor o casamento. Ele embarcou para Nápoles, acompanhado por alguns de seus funcionários, em seguida, veio a Roma com Aglaia e outra moça e colocado sob a proteção do Papa Libério, recebendo o véu virginal, dedicando mais particuarmente desde que o serviço da Igreja.
da morte do seu pai, Patricia voltou para Constantinopla, e renunciando a qualquer pretensão à coroa imperial, os seus bens distribuídos entre os pobres e empreendeu uma peregrinação à Terra Santa. Mas uma terrível tempestade naufragou ao largo da costa de Nápoles, para a direita na pequena ilha de Megaride ( Castel dell'Ovo), onde morreu após uma breve doença.
E em vez do calor de Roma são quase insuportáveis, em agosto. E isso afetou fortemente a saúde do jovem noviço e início de agosto, começou a se sentir doente. Em 10 de agosto, conversando com um padre disse: "Eu estou pensando como vai ser grande e bonita no céu a festa da Assunção da Virgem Maria. Eu gostaria de ir este ano, para testemunhá-la." E Deus lhe concedeu suas boas intenções.
E assim por diante 15 de agosto de 1568, quando tinha apenas 18 anos, voou para a eternidade. Foi testemunha da festa da Assunção da Virgem no céu, como ele desejava.
Seu corpo mumificado é ainda neste templo e está em uma caixa de vidro, na Basílica de San Frediano em Lucca, Itália.

Mensagem da Santa...

“-Amados irmãos Meus, Eu, PATRÍCIA, estou felicíssima por vir aqui hoje, dar-vos a Minha primeira Mensagem, apesar de já estar aqui desde sempre presente neste Lugar eleito onde Nós, Nós todos os Santos de Deus habitamos e acolhemos as vossas orações todos os dias, noite e dia!

Meus irmãos, abri o vosso coração ao Amor de Cristo, que não poupou-Se a si mesmo até dar a Sua vida totalmente por vós na Cruz...

O Senhor esvaziou-se completamente de si mesmo, a Senhora das Dores esvaziou-se completamente de si mesma a tal ponto que nos Seus Corações só havia o imenso e infinito amor, a infinita caridade que Eles tinham por Deus, e por vós!

Este Amor que se entregou por vós na Cruz, este Amor que deu a vida para que todos vós saísseis da morte eterna e pudésseis encontrar a vida... Este Amor deseja entregar-se, comunicar-se, doar-se a cada um de vós... Mas com o coração cheio das coisas terrestres e passageiras, dos apegos às coisas deste mundo não será possível recebê-Lo.

Por isso peço-vos:

Esvaziai o coração, lançando fora dele todo o amor de vós mesmos, todo o apego à própria vontade, toda a soberba, toda a vaidade, todo o apego desordenado às criaturas, para que verdadeiramente nas vossas almas só haja espaço, abertura e lugar para o Amor de Deus!

Vede Meus irmãos, que Cristo deu a Sua vida por vós, como um Rei mais extremoso, como um Pai mais amoroso, como um irmão mais cheio da verdadeira caridade.

Enquanto os Reis mandam os seus súditos à luta, para salvar seu reino e até a sua vida, a sua coroa... Cristo depôs a Sua Coroa de lado no Céu, desceu dele para habitar na Terra e no meio de vós juntamente com Sua Mãe Santíssima... E os dois deram a vida, para que todos vós, seus súditos, pudessem sair da morte eterna e encontrar a verdadeira vida em Deus...

Que Amor mais extraordinário o Senhor e a Sua Mãe tiveram por vós! E com quão pouco amor vós Os tendes correspondido, servido, amado até agora...

Não Os façais sofrer mais! Abri vosso coração, entregai-vos completamente e segui com passo firme e decidido no caminho do verdadeiro Amor ao Senhor e à Sua Mãe, para que não vos torneis réus daquele pecado em que inumeráveis almas já caíram... que foi o de perder o Amor e a escolha divina sobre elas, porque amaram a si mesmas mais que a Deus e a Sua Mãe, e porque se preferiram a si mesmas do que a Eles...

Chamo-vos amados Meus a este Verdadeiro Amor, posso e quero dá-lo a vós! E aqueles que se consagrarem a Mim, que Me pedirem este Amor, que solicitarem a Minha ajuda, Eu darei...

Continuai com todas as orações que Eu vos dei aqui...

‘A Oração é Amor que sobe ao Céu’ disse-vos aqui a Senhora... E é verdade...

Oração é Amor que sobe ao Céu!
Oração é coração esvaziado que sobe ao Céu!
Oração deve ser coração desprendido da Terra, para que possa então, enfim, tornar-se leve e subir ao Céu!
Oração é Amor Divino em pura transformação, que desce do Céu à Terra, à alma que O quer, que O busca, que O pede e que por Ele suspira!

Continuai com todas as orações, que a Senhora Santíssima vos deu Aqui, pois essas Orações tem a propriedade de esvaziar, abrir o vosso coração, se ele tiver o mínimo de boa vontade e se ele quiser verdadeiramente esvaziar-se. Então, essas Orações tornarão vossas almas e corações leves, desprendidos de tudo quanto puxa para a terra, pesa a alma. Então vossas almas voarão céleres na direção do sol, do infinito amor de Deus!

Eu estou convosco em todos os momentos e nunca, nunca vos deixarei se vós também nunca Me deixardes...

A todos neste momento, com Amor, abençôo...

Abençôo-te também Marcos, tudo foi muito bem explicado por ti, dou-te as Minhas felicitações Cavaleiro da Imaculada, Servo do Deus Altíssimo, Amigo dos Anjos e dos Santos e querido Meu...”

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ladainha a Misericórdia Divina Senhor, tende piedade de nós.

Senhor, tende piedade de nós. Cristo, tende piedade de nós. Senhor, tende piedade de nós. Jesus Cristo,  ouvi-nos. Jesus Cristo, ...